O Projecto

A Lusoexpedição é uma missão científica cujo o objectivo principal é a recolha de peixes e invertebrados marinhos nos cumes submersos de Ormonde, Gettysburg e Ampère a 400-500 km Sudoeste de Portugal, a meio caminho para o Arquipélago da Madeira. Estas “ilhas submarinas” são locais praticamente inexplorados e constituem verdadeiros “oásis de biodiversidade” no meio do Atlântico.

Esta missão vai ser realizada a bordo do conhecido navio Creoula da Marinha Portuguesa e os investigadores responsáveis pelo projecto serão acompanhados por cerca de 35 estudantes universitários que terão a responsabilidade de analisar o material recolhido em mergulho.

No entanto, o projecto não se esgota com a expedição em si uma vez que, após o regresso aos laboratórios da Universidade Lusófona (ULHT), se vão analisar os todos os dados recolhidos. Os objectivos são tão diversos como estudar a genética (DNA) dos organismos recolhidos ou testar alguns compostos produzidos por esses organismos ao nível da sua aplicação na biomedicina, dependendo dos interesses particulares dos investigadores envolvidos. Um dos objectivos principais é verificar se as espécies que hoje existem nas Canárias, Madeira e Açores terão atingido essas ilhas utilizando estas ilhas afundadas como ponte de passagem a partir do Continente.

Este projecto vai ser realizado em conjunto com investigadores da Universidade dos Açores e da Universidade do Algarve, que também se associaram à Lusoexpedição 2006, uma vez que têm interesses complementares aos da equipa da ULHT.

 

Pontos fortes do projecto

1) Contribuição para protecção e gestão de ecossistemas marinhos quase inexplorados e com características únicas;

2) Inédito, inovador e factor de motivação para o ensino da Ciência em Portugal;
3) Conteúdos para dois documentários de televisão cujos objectivos são a divulgação da biologia marinha, da oceanografia e das ciências do mar em geral;

4) Colaboração entre investigadores de três Universidades Portuguesas (Universidade do Algarve e Universidade dos Açores aceitaram o nosso convite para colaborar nesta expedição);


Projectos Futuros

1) Exposição de Fotografia subaquática da Universidade Lusófona;

2) Ciclo de conferências subjacente ao tema: "Montes Submarinos Atlânticos";

3) Publicação de um livro, subordinado ao tema: "LusoExpedição 2006";

 

A Lusoexpedição 2006 vai ser extremamente benéfica para todos os participantes, bem como para a comunidade científica em geral. Além de proporcionar uma experiência nova e muito aliciante aos intervenientes, pode contribuir para a criação de futuros trabalhos de estágio para os colegas Biólogos. A Lusoexpedição 2006 promete!

Catarina Cúcio,
Biologia, 4º Ano

Como participante, penso que uma expedição pioneira como é a Lusoexpedição 2006, é sempre benéfica e muito interessante do ponto de vista científico, visto que será dado a conhecer um pouco da interacção entre as várias áreas da investigação em Portugal.
Penso que este tipo de iniciativa deverá continuar a merecer apoios, pelo facto de que a médio prazo poderá abrir a “porta” a projectos futuros.

Paulo Raimundo,
Biologia, 4ºAno

 

Inicio

 

 

 

1
1
1
1
1
1
1
1
1
1

 

 
 
Navio "Creoula"
 
 




 
 

Grupo Lusófona
1 Contactos  
 
 
Copyright © 2006 Universidade Lusófona | Contacto | última actualização: 8/5/2006